"A inspiração vem dos outros. A motivação vem de dentro de nós."
comentar
escrito por Dreamer, em 09.04.10 às 17:06link do post | favorito

Dia nove. Mês de Verão.

 

O Verão dilatou a alma de felicidade.

O Outono deitou por terra a ilusão.

O Inverno congelou a esperança.

 

E hoje, dia nove. Mês de Primavera.

Nove meses depois. Nada mais há a dizer.

Tudo morreu, tudo chegou ao fim.

Muito tenho feito para tentar saber de ti. Dou-me a esse trabalho.

Todos os dias, vezes sem conta, vou onde sabes que vou.

Mas nada, são raras as vezes em que há novidades.

Tudo isso tem de acabar, tudo isso vai acabar.

Hoje, pelo que vi, já nem deves lembrar de mim, de nada.

Fui um número. Um número sem alma e sentimentos.

Destesto o que me fizeste, com todas as minhas forças.

Mas não consigo detestar-te. Nem quero.

De que adiantaria?

Só faria mal a mim mesma. Como tenho feito.

Mas isso tem de mudar, mas isso vai mudar.

Chega.

 

Vou deixar de lado o mal que me consome.

Vou "guardar o que é bom de guardar".

Serás sempre parte de mim.

Tu. Tu que afinal és real, boa sorte.

Tu. Tu personagem que amei, sê feliz.

 

E como me disseste, vezes sem conta, "passado é passado... não importa mais".

Agora entendo porque o dizias. Entendo como para ti é fácil. Antes assim.

Este é o meu adeus, a despedida. Não para ti,  mas para a tua existência em mim.

O muro das lamentações termina aqui. E a fonte, aquela que no Inverno abundava, secou.

 


 

 

Até sempre. 


comentar
escrito por Dreamer, em 09.04.10 às 16:02link do post | favorito

Aos que me ouviram.

Aos que me deram força.

Aos que me aconselharam.

Aos que tentaram mostrar-me a verdade.

Aos que não desistiram quando me viram cega.

Aos que não se deixaram vencer pela minha teimosia.

 

 

A vocês, meus Amigos.

Obrigada.

 

É tempo de virar a página.

Conto convosco.

 

 


 

Lembro-me das noites sem dormir
Das canções que ouvíamos lado a lado
Segredos e frases que então trocamos
Naquele vazio do passado


Eu sei que tudo passa
Tudo fica para trás
É como um livro que não li
Por isso eu sinto e sei que te vou esquecer
Que desta vez irei dizer
Eu primeiro
Virar a página é querer rasgar as cartas que eu te escrevi
Sei que vou sair e viver sem ti

 

Lembro-me da chuva em Agosto
E sinto que nada é permanente
Sei que tudo muda e que tudo passa
Nunca nada é para sempre

 

Eu sei que tudo passa
Tudo fica para trás
É como um livro que não li
Por isso eu sinto e sei que te vou esquecer
Que desta vez irei dizer
Eu primeiro
Virar a página é querer rasgar as cartas que eu te escrevi
Sei que vou sair e viver sem ti

Por isso eu sinto e sei que te vou esquecer
Que desta vez irei dizer
Eu primeiro

 

(...) Anjos - Virar a Página


comentar
escrito por Dreamer, em 07.04.10 às 18:31link do post | favorito

"Todos os finais são também começos. Só não o sabemos na altura." Mitch Albon


comentar
escrito por Dreamer, em 05.04.10 às 20:36link do post | favorito

Alguém sabe como se faz reset a certas memórias?

Gostava de conseguir parar de pensar, mas tudo me faz recordar.

Só o tempo vai diluir o que sinto e o que vivi... espero.

 

"A maior cobardia de um homem é despertar o amor de uma mulher

sem ter intenção de amá-la." Bob Marley


comentários recentes
S.M. não sei se algum dia vais ler isto, mas... Es...
Não me parece que tenha sido a faculdade que te te...
Espero mesmo que este blog não termine e que tu co...
olá :)vou estando bem dentro do possível.há dias e...
OLA BOAS!!!DEPOIS DE MUITO TEMPO SEM NET LA ESTOU ...
mais sobre mim
Já perdi...

23 kg

(desde 29-Jan-2007)

"Só não consegue quem desiste..."

mais comentados
24 comentários
11 comentários
10 comentários
8 comentários
6 comentários
6 comentários
6 comentários
5 comentários
5 comentários
pesquisar no blog
 
Curiosos
Hospedagem de site

Obrigada pela visita :)