"A inspiração vem dos outros. A motivação vem de dentro de nós."
comentar
escrito por Dreamer, em 27.10.08 às 23:27link do post | favorito

Estes últimos tempos têm parecido quase inacreditáveis. Houve momentos em que quis acreditar que estava a ter um pesadelo, mas na verdade não. Na verdade era cedo demais para estar a dormir, na verdade era real demais para ser só um pesadelo, na verdade era verdade.

E foi com algumas verdades bem complicadas que fui suportando estas semanas, que me senti impotente e inútil. Aconteceu tudo ao mesmo tempo, coisas demais para uma pessoa só. E estudar?! Quando? Onde? Porquê? Com que cabeça? Pois, de facto não é simples conseguir obter alguma concentração com as preocupações  a ocuparem todo o pensamento. Mas dei o melhor que pude...

Ontem comecei uma vida diferente. Há quem me chame de sortuda. Sim, agora estou numa residência universitária e a dois passos da faculdade. Pois. É isso. E então? Talvez essa seja a maior vantagem. Espero, com o tempo, vir a descobrir muitas mais. A desvantagem essa sei qual é. Mas vou ter de ultrapassá-la.

E a obesidade? No meio de tudo o que tem acontecido continuo a conviver com a minha companheira de quase sempre, a obesidade. E com menos vontade em muitos momentos, lá vou cumprindo o meu plano alimentar. Tem servido para ter real noção da doença. Houve momentos em que só me apeteceu comer coisas que não devo. Se comi? Algumas vezes sim. Foi mais forte que eu, reconheço. Tenho perfeita noção de que quando as minhas emoções estão a viver algures numa montanha-russa, os impulsos são bem mais fortes. Sim, é normal, eu sei, mas não devem ser mais fortes que eu. E não o são na maioria dos momentos, é o que vale ainda assim.

Bom, continuo a acreditar na frase que diz "No fim tudo acaba bem, se ainda não está tudo bem é porque ainda não chegou ao fim." Continuo a sonhar e a ser ingénua, mas penso que é bom acreditar nisto, mais que não seja para manter a esperança viva.

Tudo melhorará. E a vida continua... Longe ou perto, mas sempre amparada.

 


Agradeço a todos que têm dado um feedback deste blog. A todos aqueles que por aqui "picam o ponto" e se revêem no que escrevo por já terem passado ou por estarem a passar pelo mesmo. É sempre bom ler as palavras de quem nos compreende.

sinto-me: a adaptar-me...

comentar
escrito por Dreamer, em 11.10.08 às 01:24link do post | favorito

Chegou ao fim uma das semanas mais longas por que já passei. É impressionante como de um momento para o outro as coisas mudam sem esperarmos.

Podemos passar uma vida inteira a lutar para mudar algo que queremos e quando menos esperamos, algo que não fazemos questão que mude, acaba por mudar. Foi o que aconteceu. Agora que tudo parecia quase perfeito, tudo mudou outra vez.

Mais um abalo de emoções que não é fácil de transmitir... Estava eu feliz por ter entrado numa loja e ter percebido que já há roupa para mim sem ser nas ditas secções de "tamanhos grandes" (How's possible?!), quando recebo um telefonema que deitou abaixo essa felicidade e quase me virou a vida do avesso. E pronto, vou andar com a casa às costas mais uma vez este ano. Que seja a última.

Uma nova fase, mais uma. Porque as mudanças acontecem... Mas nada acontece por acaso, não é?! Vou ter saudades.

sinto-me: um caco, mas a conformar-me
música: Viva La Vida - Coldplay

comentários recentes
S.M. não sei se algum dia vais ler isto, mas... Es...
Não me parece que tenha sido a faculdade que te te...
Espero mesmo que este blog não termine e que tu co...
olá :)vou estando bem dentro do possível.há dias e...
OLA BOAS!!!DEPOIS DE MUITO TEMPO SEM NET LA ESTOU ...
mais sobre mim
Já perdi...

23 kg

(desde 29-Jan-2007)

"Só não consegue quem desiste..."

mais comentados
24 comentários
11 comentários
10 comentários
8 comentários
6 comentários
6 comentários
6 comentários
5 comentários
5 comentários
pesquisar no blog